Informação é aqui!

Vendas de Páscoa comprometidas em 2020

Comércio usa da criatividade para minimizar prejuízos

O período que antecede a Páscoa, historicamente, representa uma das cinco datas de maiores vendas no varejo nacional, ficando atrás apenas do Natal, Dia das Mães, Dia dos Namorados e Dia das Crianças. Porém, neste ano, diante da pandemia do novo coronavírus as vendas devem ficar abaixo do previsto inicialmente.

Os ovos de Páscoa e os chocolates em geral, são itens com crescimento histórico de vendas neste período, e os estabelecimentos que comercializam estes produtos também adquirem estoques visando atender a uma demanda estimada. Diante do cenário atual, muitos têm oferecido produtos com preços de custo ou até abaixo do custo, visando reduzir os possíveis prejuízos.

O presidente da CDL de Videira, José das Neves Olivo, comenta da necessidade de criatividade por parte dos lojistas e da importância do apoio da população para retomada do comércio local respeitando também as orientações de cuidados para evitar a propagação do vírus.


José reforça a importância de que, especialmente neste momento de retomada da economia, a população faça as compras no comércio local. Se necessário buscando negociações e condições especiais para superar este momento de dificuldade.


A expectativa é que na semana que vem retornem os estabelecimentos que ainda não estão autorizados e a CDL prepara uma campanha especial nesta retomada pra minimizar as consequências das paralisações.


Especificamente sobre a Páscoa e a venda de chocolates, até mesmo as previsões de faturamento e volume de vendas estão comprometidas por conta da situação de pandemia vivida atualmente. Mas de uma forma geral, o objetivo é minimizar os impactos negativos e projetar uma retomada e recuperação do comércio local.

Informações Rádio Vitória

 

Veja Também
Comentários
Carregando