Informação é aqui!

Trabalhadores da BRF ajudam colegas que tiveram perdas com ciclone

A campanha para doações à Cruz Vermelha não é restrita à empresa. Pessoas físicas e jurídicas podem contribuir

Entre as ações do Instituto BRF para ajudar os atingidos pelo ciclone está iniciativa inédita dentro da companhia. Como tem unidades em quase todas as regiões do Brasil e 12 cidades onde atua, na Região Sul, foram afetadas pelo vendaval, ela lançou a campanha interna Juntos, para trabalhadores ajudarem os colegas do Sul, cujas famílias tiveram perdas.

Entre as cidades em que a empresa tem planta e foram afetadas pelo Ciclone estão Concórdia e Videira, em Santa Catarina, berços das marcas Sadia e Perdigão, respectivamente. Mais os municípios de Chapecó, Campos Novos, Capinzal, Faxinal dos Guedes e Itajaí. No Paraná, foram atingidos os municípios de Curitiba, Dois Vizinhos, Paranaguá e Ponta Grossa, além de Serafina Corrêa, no Rio Grande do Sul.

O Instituto também doou R$ 50 mil para a Cruz Vermelha de Chapecó e distribuiu alimentos e materiais a famílias que foram afetadas em municípios do Oeste catarinense.

A campanha para doações à Cruz Vermelha não é restrita à empresa. Pessoas físicas e jurídicas podem contribuir.

Como doar:

Para a Cruz Vermelha de Chapecó é via redes sociais:

https://www.facebook.com/cruzvermelhachapeco ou o pelo fone (49) 3323-1503

Informações NSC Notícias

Veja Também
Comentários
Carregando