Informação é aqui!

Santa Catarina está próxima de ser reconhecida como área livre de mormo

Trabalho da Cidasc tem sido importante no estado, que não registra casos de mormo desde 2017

Santa Catarina está próxima de ser reconhecida nacionalmente como área livre de mormo, graças ao trabalho da Cidasc. O estado não registra casos de mormo desde 2017 podendo, assim, buscar o reconhecimento de área livre da doença junto ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – Mapa. 

O mormo é uma doença fatal e contagiosa que também atinge os equídeos, mas causada por bactéria, podendo se apresentar na forma nasal, respiratória ou cutânea. Além disso, é uma zoonose, ou seja, pode ser transmitida do animal para o homem. 

Eleanora Schmitt Machado
Foto: Médica veterinária responsável pelo Programa Estadual de Sanidade Equídea, Eleanora Schmitt Machado

Segundo a médica veterinária responsável pelo Programa Estadual de Sanidade Equídea, Eleanora Schmitt Machado, a Cidasc está preparada para fazer o recadastramento e montar inquérito sorológico para comprovar que não há circulação da bactéria que provoca o mormo.


Segundo a Cidasc, produtores e promotores de eventos agropecuários estão cada vez mais conscientes sobre a exigência do exame, que são obrigatórios nos casos de trânsito dentro e fora do estado e, principalmente, para a participação em eventos. 

Fonte: Rádio Vitória/Assessoria de Imprensa da Cidasc

Veja Também
Comentários
Carregando
pornpornporn videosporn tube