Informação é aqui!

Prefeitos da Amarp realizam reunião virtual para discutir mudança do nível grave para gravíssimo

Nessa reunião não foram realizadas novas deliberações, flexibilizações e restrições sendo que a vigência das últimas deliberações da semana passada tem vigência de 14 dias

A Associação dos Municípios do Alto Vale do Rio do Peixe (Amarp), realizou nessa quinta-feira (10), mais uma reunião virtual onde foram debatidos diversos temas relativos aos 15 municípios que compõe a entidade.

      

Na oportunidade os prefeitos tiveram a oportunidade de falar sobre o atual momento da Pandemia do Coronavírus em cada um dos seus municípios, bem como realizar uma troca de experiências. Nessa reunião participaram ainda os prefeitos da Associação da Região do Contestado (Amurc), que faz parte da nossa região de saúde, bem como Alisson Fiuza da Federação Catarinense dos Municípios (Fecam) e Maria Regina Soar, consultora de saúde da Fecam junto ao Centro de Operações de Emergência em Saúde (COES).    

Tanto a fala de Alisson como de Maria Regina explanaram sobre a matriz de risco do Governo do Estado e quais são os itens que fazem com que o nível de risco da região se agrave como é o caso da Amarp nesse caso que foi do grave para o gravíssimo, sendo que nessa semana houve uma mudança na variável quanto ao aumento da taxa de ocupação dos leitos de UTI, o que levou a mudança de nível laranja para vermelho. Embora os números de casos ativos tenham caído na região devido a fórmula e parâmetro usado isso leva a região a mudar de nível.

O coordenador de colegiados da Amarp, Humberto Dalpizzol, destacou sobre o lançamento do Plano de Contingência do Governo do Estado para o retorno das aulas, onde destacou que o retorno vai depender da matriz de risco. Uma deliberação final os prefeitos da Amarp quanto ao retorno ou não das aulas deve acontecer nos próximos dias, sendo que existe uma pré-disposição dos prefeitos do não retorno até o momento, mas a decisão final deve acontecer em breve.

Nessa reunião não foram realizadas novas deliberações, flexibilizações e restrições sendo que a vigência das últimas deliberações da semana passada tem vigência de 14 dias, de acordo com o artigo 7º da Portaria SES nº 592 de 17 de agosto de 2020.

A próxima reunião acontece na próxima quinta-feira (17) a partir das 13:30 horas onde será analisado mais uma vez a posição da região da Amarp no mapa da matriz de risco do Governo do Estado.

 

Informação Amarp/Assessoria de Imprensa

Veja Também
Comentários
Carregando
xxx videosxxx18xxxxvideoporn videos