Informação é aqui!

Pomares congelados? Saiba como funciona a técnica que protege as plantas

Um dos métodos mais utilizados para proteger a safra é a irrigação por aspersão

Os produtores rurais que têm pomares de frutas precisaram trabalhar muito durante esta semana em que o frio provocou temperaturas menores que -5ºC em municípios como Videira, Caçador e Tangará, onde a fruticultura está fortemente presente. A elevação da temperatura nas semanas anteriores fez com que os pomares começassem a florescer, e as cultivares mais precoces de frutas de caroço, como o pêssego, a ameixa e a nectarina, além da uva, ficam suscetíveis à geada. E um dos métodos mais utilizados para proteger a safra é a irrigação por aspersão.

A neve, a chuva congelada e a geada, que estiveram presentes na região Meio-Oeste e Serra de Santa Catarina no final do mês de julho, proporcionaram um espetáculo para muita gente e foi importante para setores da economia, como o turismo, por exemplo. O fenômeno atraiu muita gente que lotou hotéis e pousadas, consumiu e movimentou a economia das cidades. Porém, para o produtor rural esse frio todo pode significar prejuízo e até a perda de uma safra inteira. Para o consumidor isso pode significar aumento no preço dos alimentos nos próximos meses, a exemplo a olericultura, que foi fortemente prejudicada. A oferta de hortaliças deve diminuir e o preço aumentar.

Pode ser uma imagem de ao ar livre

O agricultor que se preparou conseguiu proteger a safra. Existem métodos que ajudam a evitar os prejuízos, como é o caso da aspersão de água, que congela a planta. Parece estranho, mas o congelamento protege as flores e os frutos. Os danos começam a surgir em frutos quando a temperatura chega a -1°C. No caso das flores, a temperatura mínima suportada é de até -3°C. Quando a planta está completamente congelada, ela se mantém na temperatura de 0°C, independente do frio que faz no ambiente.

O repórter, André Alves acompanhou o trabalho de um produtor de frutas no município de Caçador. Ele enfrentou o frio intenso para registrar o esforço que o agricultor Fabiano Suzin, a exemplo de muitos fruticultores fazem para que o alimento chegue à mesa das famílias. Assista:

Fonte: André Alves/Juciele Baldissarelli/Rádio Caçanjurê

Veja Também
Comentários
Carregando
xxx videosxxx18xxxxvideoporn videos