Informação é aqui!

Governo proíbe suspensão e bloqueio do Bolsa Família

A medida vai valer até o fim do pagamento do auxílio emergencial de 600 reais, dividido em três etapas

A medida anunciada pelo governo vai valer até o fim do pagamento do auxílio emergencial de 600 reais, dividido em três etapas.  De acordo com o ministério da cidadania, a decisão vai evitar a aglomeração de pessoas que buscam atualização de cadastro durante os pagamentos das parcelas do benefício.

Quem recebe o bolsa família tem direito ao auxílio emergencial e o dinheiro cai no cartão de acordo com o calendário de pagamento do benefício. A segunda etapa de pagamentos começou nesta semana. O auxílio é pago de acordo com o NIS, o número de identificação social.

NIS final 1, já recebeu na segunda-feira (18), final 2 recebe nesta terça-feira (19), final 3 na quarta-feira (20) e assim sucessivamente. Beneficiários com final zero do NIS recebem por último, no dia 29 deste mês. Os pagamentos da segunda parcela do auxílio emergencial vão até o dia 13 de junho. O governo ainda não sabe informar quando será depositada a terceira parcela.

O auxílio de 600 reais é para trabalhadores autônomos, desempregados, microempreendedores individuas e beneficiários do bolsa família que tiveram a renda afetada pela pandemia da covid-19. 

Informações Rádio Vitória

Veja Também
Comentários
Carregando