Informação é aqui!

Família de SC está no voo da FAB que retorna da China

Hui e Isabela ficarão 18 dias em quarentena em Anápolis, cidade de Góias

O voo que traz o grupo de 34 brasileiros que estava em Wuhan, na China, e desejava deixar o país por conta da epidemia de coronavírus, decolou por volta das 17 horas desta sexta-feira, dia 7. Os passageiros, entre eles a família que mora em Santa Catarina, embarcaram usando máscaras, roupas de proteção e passaram por exames respiratórios.

Entre os passageiros que serão trazidos de volta ao Brasil está a chinesa Hui Zhang e a filha Isabela Lassalle Zhang, de um ano e meio. As duas moram em Palhoça, na Grande Florianópolis, e foram para Wuhan visitar a família por três meses, mas não conseguiram retornar depois que a cidade passou a sofrer com o surto de coronavírus. A cidade chinesa é considerada o epicentro da doença, que começou a ter registros no início de janeiro.

Além dos 34 passageiros que virão até o Brasil, grupo em que Hui e Isabela estão inseridas, o voo também vai trazer quatro poloneses, uma chinesa e uma indiana que devem desembarcar na escala feita na Polônia.

O ilustrador Luís Pablo Lassalle Olivera, marido de Hui e pai de Isabela, tenta, desde que os moradores de Wuhan foram isolados e o aeroporto da cidade foi fechado, trazer a família de volta para o país.

Na noite desta sexta-feira, Pablo divulgou vídeos do embarque da esposa e do grupo de brasileiros nos dois aviões da Força Aérea Brasileira (FAB). Quando chegarem ao Brasil, a chinesa, a pequena Isabela e os demais passageiros e tripulantes vão ficar em uma quarentena de 18 dias em Anápolis, cidade goiana. O período é necessário para evitar qualquer risco de contaminação. O grupo ficará em quartos individuais em uma base militar.

Com informações do Diário Catarinense

Veja Também
Comentários
Carregando
pornpornporn videosporn tube