Informação é aqui!

Cuidado: mulher picada por lacraia relata dores intensas

Lacraias e baratas aparecem com maior frequência no verão: saiba por quê

A dor era muito intensa. Não imaginava que esse bicho era perigoso”. Assim a videirense Cristina Argenta descreve o ocorrido na madrugada do dia 28 de dezembro de 2018. Após ser picada nas costas por uma lacraia enquanto dormia, ela acordou com dores intensas e procurou atendimento médico, precisou ficar internada, mas já recebeu alta.

O animal foi encontrado após agitar as cobertas e levado junto ao Pronto Socorro do hospital. Apesar das fortes dores, Cristina relata que não teve nenhuma outra reação. Segundo a moradora o inseto era muito rápido e após a picada ela passou álcool no local, mas não suportou a dor.


De acordo com a bióloga Lucieli Zago a lacraia é um animal peçonhento nocivo ao ser humano e não existe antídoto para sua picada. A dor é causada por conta de uma toxina que o animal injeta na presa para imobilizá-la. No ser humano o inseto pode provocar sintomas como dores intensas e náuseas, mas não é letal.


Outro inseto muito comum no verão e que tem hábitos noturnos assim como a lacraia é a barata. Elas aparecem mais nesse período pois é justamente a época em que sua reprodução é facilitada, por conta do calor e das chuvas. Duas espécies são mais comuns na região, a barata grande de esgoto, que não voa, e uma menor, “cascudinha”, que voa e pode ser transmissora de doenças.


Apesar de não ser um animal peçonhento, a barata pode indicar falta de higiene, pois ela habita locais que tenham restos de comida por exemplo, para possa se alimentar. Entulhos e lixo tanto no interior quanto arredores da residência propiciam o aparecimento desses dois insetos que procuram locais para se esconder e reproduzir.

Lucieli salienta que a simples limpeza e organização do ambiente já pode contribuir para eliminar ou para evitar que o animal se instale. A aparição desses insetos em grande número pode estar relacionada a um desequilíbrio ecológico, por isso é importante a preservação de predadores naturais como pássaros e a lagartixa.

Veja Também
Comentários
Carregando