Informação é aqui!

Como se tornar um doador de medula?

Apesar de salvar vidas, procedimento ainda gera dúvidas

Atualmente, aproximadamente 850 pessoas estão em busca de uma medula compatível no país. O Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea (Redome) tem mais de 4 milhões de voluntários cadastrados, porém, as chances de compatibilidade giram em torno de uma para cada 100 mil.

Apesar de ser um ato que pode salvar vidas, a doação de medula ainda é cercada por dúvidas. A coletora do Hemosc de Joaçaba, Vanderleia Gomes, esclarece que, em primeiro lugar, quando o voluntário vai até o Hemosc, ele não faz a doação, apenas o cadastro. Assim, são coletadas duas amostras de sangue.

A doação em si vai depender da compatibilidade com alguém que esteja necessitando do transplante. Caso ocorra, o doador passa por uma coleta. A forma de efetuar o procedimento varia, mas em todos os casos o paciente recebe anestesia.

Os interessados em fazer o cadastro devem ir até uma unidade do Hemosc. Também é importante que, após esse primeiro passo, os voluntários procurem manter sempre atualizados os dados de contato para que possam ser localizados em caso de necessidade.

Fonte: Central de Jornalismo RBV Rádios

Veja Também
Comentários
Carregando