Informação é aqui!

Catarinenses estavam entre os mortos no CT do Flamengo

Nove foram encontrados carbonizados no alojamento que pegou fogo nesta sexta (8)

Os corpos dos catarinenses Bernardo Pisetta e Vitor Isaías, vítimas da tragédia no CT Ninho do Urubu, do Flamengo, foram identificados na manhã deste sábado (9). Familiares dos atletas acompanham a liberação Instituto Médico-Legal (IML) do Rio para o velório. Ainda não há informações de onde devem ocorrer as homenagens fúnebres. 

Os trabalho de identificação ocorreram com apoio do Flamengo, que entregou aos legistas imagens das arcadas dentárias dos dez jovens mortos no incêndio do Ninho do Urubu para proporcionar agilidade na liberação dos corpos. Nove foram encontrados carbonizados no alojamento que pegou fogo nesta sexta (8).  

Na madrugada outros dois corpos também foram identificados e liberados: Arthur Vinícius de Barros Silva Freitas e Pablo Henrique da Silva Matos.

Vale do Itajaí e Florianópolis

O goleiro Bernardo Pisetta é natural de Indaial, no Vale do Itajaí, e estava desde meados de 2018 no Flamengo. Aos 15 anos, ele também defendeu as cores do Athletico-PR. 

Com 15 anos, Vitor Isaías era atacante e tinha seis meses de clube, após também ter saído do Athletico. O jovem era natural de Florianópolis e iniciou a carreira no futsal do Figueirense.

Com informações de G1

Veja Também
Comentários
Carregando